Porque voltamos antes do planejado

Pegamos todo mundo de surpresa com a nossa volta.

Pra gente, por incrível que pareça, também foi uma grande surpresa!

Até o dia 04 de setembro de 2015 ainda tínhamos um restinho de esperança de que conseguiríamos ficar mais um tempo.

Porém, no dia seguinte, as esperanças acabaram.

Resumindo, o que realmente nos fez voltar tão antes do planejado foi a alta do dólar.

Quando saímos do Brasil, em novembro de 2014, rumo à Ásia, sacávamos no exterior com o dólar a R$2,50, valor esse relativo ao dólar comercial mais o IOF. Assim, pelos nossos planejamentos, teríamos dinheiro para 1 ano e meio viajando, mais ou menos.

Contudo, um mês após chegarmos na Tailândia, o dólar começou a subir e não parou mais. Quando voltamos estávamos sacando no exterior com o dólar beirando R$4,10, valor esse relativo ao dólar comercial mais o IOF. Ou seja, em quase 10 meses, um aumento de R$1,60 em cada dólar sacado.

Além disso, tiveram outras circunstâncias alheias às nossas vontades, que nos obrigaram a voltar.

Com a alta do dólar e nosso rico dinheirinho indo embora, percebemos que precisávamos arrumar um emprego que nos sustentasse por lá. Apesar de todas as nossas tentativas durante pouco mais de 2 meses (e não foram poucas) e de todas as esperanças de possíveis contratações que apareceram, infelizmente, não deu certo. O fato de termos pouco dinheiro para arriscarmos contribuiu para nada dar certo.

Além disso, precisávamos receber um dinheiro que garantiria a nossa estada por mais um tempo e as passagens da nossa volta. Esse dinheiro estava interligado à venda de um carro, pois uma parte dele é nossa. O carro, apesar de estar à venda há quase 03 meses, ainda não foi vendido.

Assim, no dia 05 de setembro de 2015, chegamos à conclusão de que ainda teríamos dinheiro em conta para ficarmos viajando mais ou menos um mês e meio se enxugássemos ainda mais as nossas despesas. A dúvida era: arriscamos todas as nossas economias tentando arrumar emprego durante esse tempo, acreditando na baixa do dólar e, se nada desse certo, confiando na venda do carro para termos o dinheiro da volta, OU voltamos enquanto ainda temos o dinheiro, ou quase todo ele, pois ao vermos os preços das passagens e de quanto ainda teríamos que gastar até voltarmos, percebemos que sairia mais do que tínhamos em conta no momento, para voltar?

Após muito conversarmos entre nós e com as nossas famílias e diante do enorme apoio em todos os sentidos que nos deram, chegamos à conclusão de que o melhor seria voltar.

Engraçado que, depois que decidimos pela volta, tudo começou a dar certo e a se encaixar!

Depois de muitas pesquisas, compramos todas as passagens no dia 06 de setembro de 2015 e chegamos em nossa cidade (Uberlândia-MG) dia 12 de setembro de 2015.

Aeroporto
Aeroporto Internacional de Uberlândia (set. 2015).

Se soubéssemos que, no final, tudo o que planejamos e esperamos com relação à continuidade da viagem NADA daria certo, teríamos voltado antes, pois, nas últimas três semanas, perdemos momentos marcantes de/com pessoas muito importantes e amadas por nós.

A volta foi inesperada e acabou com todas as nossas expectativas, esperanças e planos.

Mas, cá estamos, tristes por termos vindo embora tão repentinamente e felizes e agradecidos por trazermos tantos aprendizados na bagagem e estarmos com as pessoas que mais nos importam em todo o mundo! ❤


Foto: Arquivo pessoal.

7 comentários em “Porque voltamos antes do planejado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s